Como é ser filho de um dos homens mais ricos do mundo? Se você achou que era cheia de extravagâncias, viagens internacionais e ostentação, você está ERRADO! Warren Buffet é um dos investidores de maior sucesso do mundo, e apesar de empreender e investir desde criança nunca se deixou levar pelo consumismo. Seu escritório é modesto e sua casa é a mesma a qual mora a anos. Essas características ajudaram Buffet a montar o seu império e teve um efeito curioso na vida dos seus filhos.

Peter Buffet sabia que seu pai tinha dinheiro, porém só foi descobrir que o pai era um dos homens mais ricos do mundo quando tinha mais ou menos 25 anos! Antes disso Peter sabia que a família era abastada, mas não desconfiava do tamanho do império de Warren. “Nós crescemos, mas não sabiámos de fato o que meu pai fazia. Isso era algo um tanto quanto misterioso em casa”  disse Peter. “Na verdade, quando minha irmã preencheu um formulário, na 4ª ou na 5ª série, em que era preciso dizer a profissão dos pais ela colocou “analista de segurança”, presumindo que o que ele fazia era checar sistemas de alarme”, conta o compositor e músico. “Para uma criança, era isso que significavam todos aqueles papéis cheio de números”. Warren sempre apoiou os filhos, porém deu somente o necessário para que eles avançassem na vida, sem carregar eles no colo.

Agora se coloque na situação de Warren. O que você faria? Será que sua deixaria o dinheiro dominar a vida da sua família fazendo com que a extravagancia e ostentação sejam os pilares da sua existência? As lições de Warren vão muito além dos seus investimentos, ele também nos ensina que o dinheiro não deve ser prioridade nas nossas vidas.

Quer saber mais sobre Warren Buffet? Vale a pena ler sua biografia: “A Bola de Neve”. Nesse livro toda a vida do investidor é contada desde o início e você pode ficar por dentro de como foram os primeiros investimentos e empreendimentos dele.